fbpx

Marketing Médico: Como nós o fazemos

Marketing Médico: Como nós o fazemos

Vamos mostrar a importância e com fazemos o Marketing Médico aqui na Oxygen

A cada dia que passa o nosso paciente fica mais informado e criterioso ao buscar um profissional da saúde. O Google se tornou o primeiro destino de quem está com algum sintoma ou procurar especialidades.

Ao mesmo tempo que há um risco de automedicação, também abre-se uma oportunidade enorme para que clínicas, médicos, hospitais, dentistas, entre outros profissionais da saúde atraiam mais clientes aos seus consultórios. 

Será que vale a pena investir em Marketing Médico ou apenas o modelo de indicações está sendo suficiente? Quais as limitações éticas para o Marketing Médico? E quais meios eu tenho para atingir nossos futuros pacientes? 

Veja a resposta para essas e outras perguntas agora!

Vamos mostrar a importância e com fazemos o Marketing Médico aqui na Oxygen

A cada dia que passa o nosso paciente fica mais informado e criterioso ao buscar um profissional da saúde. O Google se tornou o primeiro destino de quem está com algum sintoma ou procurar especialidades.

Ao mesmo tempo que há um risco de automedicação, também abre-se uma oportunidade enorme para que clínicas, médicos, hospitais, dentistas, entre outros profissionais da saúde atraiam mais clientes aos seus consultórios. 

Será que vale a pena investir em Marketing Médico ou apenas o modelo de indicações está sendo suficiente? Quais as limitações éticas para o Marketing Médico? E quais meios eu tenho para atingir nossos futuros pacientes? 

Veja a resposta para essas e outras perguntas agora!

O que é Marketing Médico?

Ao contrário do que pensa a maioria, o Marketing Médico vai bem além apenas da propaganda. 

Segundo a própria definição, marketing é toda atividade que você realiza para criar, comunicar e entregar valor ao seu público. Sendo assim, devemos alinhar as expectativas do paciente sobre o seu atendimento com a experiência que ele de fato obtém.

Sendo assim, o objetivo do Marketing Médico é mostrar valor ao seu público para que dentre uma infinidade de opções no mercado, ele escolha sua clínica, que ele escolha você! 

Por que vale a pena investir em Marketing Médico?

Para muitos o velho boca a boca e os catálogos distribuídos pelos convênios aos seus conveniados já são suficientes para garantir um bom número de consultas.

Mas será que vale a pena deixar de lado tudo que o Marketing Médico pode oferecer? Claro que não! É preciso olhar com mais atenção. Veja só.

O objetivo do Marketing Médico não é apenas conseguir mais consultas, mas sim ajudar o público. Isso acontece de duas formas:

Produzir conteúdo relevante: além de ajudar o seu público a entender o problema e tomar a melhor decisão ao escolher um profissional a atendê-lo.

Criar uma relação mais estreita com seus pacientes: Com contatos automatizados e personalizados, conseguimos dar atenção aos seus pacientes de forma mais eficiente, gerando uma maior confiança.

Claro que essas ações o ajudaram a você trazer mais pacientes, se posicionar como autoridade na sua área de especialidade e encontrar oportunidades profissionais ainda melhores.

Como fazer Marketing Médico de sucesso

Toda estratégia de marketing segue alguns passos básicos, indispensáveis para atingir os resultados desejados.

Vamos te ajudar a montar um planejamento estratégico sem desviar do seu foco principal, ajudar seus pacientes.

Veja algumas metas que podemos atingir com o Marketing Médico:

  • Atrair mais pacientes;
  • Fidelizar atuais pacientes;
  • Posicionar-se como autoridade em sua especialidade ou método de tratamento;
  • Educar a sociedade sobre a importância de certas doenças e seus tratamentos.

Escolha um objetivo, coloque ele em mente e continue lendo.

Definir uma estratégia

Há uma gama enorme de estratégias que podem ser escolhidas, isso depende da sua localização, especialidade de atuação, do poder econômico do seu público, entre outros fatores.

A melhor saída é entender o que envolve cada estratégia, seus pontos fortes e fracos, seja marketing digital ou offline, e escolher a que melhor se adequa ao seu caso.

Mais à frente voltaremos a tocar neste assunto.

Busque parceiros qualificados

Da mesma forma que você dedicou tempo e esforço estudando medicina para cuidar bem dos seus pacientes, busque profissionais que estudaram marketing para cuidar da saúde do seu consultório ou clínica.

Uma boa estratégia de marketing leva tempo, você não poderia se dedicar a ela sem desperdiçar muito tempo cuidando dos seus pacientes, que certamente fará com maior eficiência e será bem mais lucrativo.

Por isso escolha parceiros qualificados, que entendam o seu segmento e principalmente as limitações éticas que o conselho impõe. 

5 Ótimas Estratégias para Marketing Médico

O marketing, principalmente o digital, contam com uma enorme variedade de estratégias  que geram retorno.

Mas qual delas se adequa bem ao Marketing Médico? Separamos 5 delas para te ajudar e começar com o pé direito. 

Marketing de Conteúdo

O marketing de conteúdo é uma das formas mais eficientes e de melhor custo-benefício para o Marketing Médico.

Como falamos, o paciente ao sentir qualquer sintoma já procura uma solução no Google. Assim ele poderá encontrar você, o qual irá tirar sua dúvida, caso ele tenha necessidade ele entrará em contato com você (devido a próxima estratégia).

Site Otimizado para Conversão

Um site bem planejado, pensado como o visitante navegará nele deve ser uma das prioridades do Marketing Médico. Por quê?

Diretamente das redes sociais ou anúncios no Google você manda o paciente direto para o site, caso não seja otimizado, todo o esforço que fizemos para trazer esse paciente ao site será perdido, pois o paciente não entrará em contato, assim o ciclo terá continuidade com a fechamento da consulta.

CRM

Antes de mais nada, é importante entender o que é CRM, neste caso não é o Conselho Regional de Medicina, e sim, Customer Relationship Management. Como a própria sigla já diz, é uma estratégia que tem como objetivo focar esforços e processos da sua clínica ao atendimento ao cliente. 

O CRM nos ajuda a entrar em contato com pacientes que acessaram nosso site e se interessaram por algum conteúdo, mas não tiveram a atitude ativa de pegar o telefone e entrar em contato. 

Ou mesmo gerenciar nossa base de pacientes enviando informações importantes para eles no momento certo.

E-mail Marketing

O e-mail marketing é uma ótima ferramenta para nutrir o interesse de quem já demonstrou um pouco de interesse em seu conteúdo.

Por meio de envios de e-mails estrategicamente formulados, você pode fidelizar o público e ajudá-los de forma mais personalizada, com informações do interesse dele.

Identidade Visual

Uma identidade visual clara, esteticamente agradável é importante para que o paciente sinta-se bem e reconheça facilmente do que se trata o consultório. 

Essa identidade visual deve ser a mesma em todos os canais de comunicação que você utilizar, desde o site até dentro da clínica. 

O que você NÃO deve fazer o Marketing Médico

São bem óbvias as coisas que vou colocar, mas preste atenção, pois muitos médicos cometem esses erros.

Anunciar aparelhagem como forma de mostrar capacidade superior

Caso você tenha feito um grande investimento em aparelhos de alta qualidade para o seu consultório, enquanto sabe que os concorrentes não tem nada nem de longe de sua ótima estrutura. 

A sua primeira atitude é querer divulgar essa aparelhagem como um enorme diferencial, certo? Acontece que isso é proibido pelo CFM.

Uma ótima forma de indicar que possui a estrutura superior seria demonstrar a importância desses equipamentos em diagnósticos e tratamentos por meio de conteúdo, como um post no blog falando do assunto.

Exibir fotos de pacientes

Você fez um trabalho de excelência, realmente uma obra de arte. Como você quer mostrar isso a todo mundo e dizer: foi que quem fiz!

Porém o CFM chega para acabar com a alegria e proibir as famosas selfies com pacientes ou em comparativos do tipo “Antes e Depois”, pois eles também as consideram uma prática que vai contra o regulamento do marketing médico.

E caso você esteja se perguntando, mesmo que tenha a permissão dos pacientes isso ainda é proibido.

Os pacientes não devem ser expostos a fim de promover um profissional, outros meios podem ser usados para isso.

Ficou com alguma dúvida sobre o que pode ou não fazer? Veja a lista completa de restrições e regras quanto ao marketing médico no manual da publicidade médica. (http://portal.cfm.org.br/publicidademedica/arquivos/cfm1974_11.pdf)

Uma coisa é fato: o marketing médico bem feito é de grande importância para os médicos e clínicas. A internet nos trouxe possibilidades de negócios e não podemos deixar a área da saúde de fora, e quem investir nisso provavelmente vai conquistar muitos pacientes. Gostou? Ponto para começar? Caso necessite da ajuda de um profissional para tirar suas dúvidas o mesmo criar e executar a sua estratégia de marketing médico é só entrar em contato conosco pelo formulário abaixo ou telefone no rodapé.


Contato

Seria ótimo ouvir você! Se você tiver alguma dúvida?